Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.23/1187
Título: Diabetes Gestacional: Avaliação dos Desfechos Maternos, Fetais e Neonatais
Outros títulos: Gestational Diabetes: Maternal, Fetal and Neonatal Outcomes Evaluation
Autor: Miranda, A
Fernandes, V
Marques, M
Castro, L
Fernandes, O
Pereira, ML
Palavras-chave: Diabetes Gestacional
Peso ao Nascer
Recém-Nascido
Resultado da Gravidez
Teste de Tolerância à Glicose
Data: 2017
Citação: Rev Port Endocrinol Diabetes Metab. 2017;12(1):36-44
Resumo: Introdução: Apesar dos progressos na vigilância e tratamento da diabetes gestacional (DG), os resultados obstétricos e neonatais ainda não igualaram os da gravidez sem esta complicação. Este estudo pretendeu caracterizar uma população de grávidas com DG comparando-a com uma população obstétrica com rastreio de DG negativo. Material e Métodos: Realizámos um estudo observacional e retrospetivo, através da consulta de processos clínicos de 201 grávidas com DG e 201 grávidas com rastreio de DG negativo, com seguimento e parto no nosso hospital. Resultados: As grávidas com DG apresentaram idade mais avançada (33 vs 31 anos, p = 0,001) e maior prevalência de hipertensão gestacional (6% vs 2%, p = 0,041). O grupo da DG registou uma taxa de cesariana mais elevada (40,3% vs 24,4%, p = 0,001), sendo a incompatibilidade céfalo-pélvica o principal motivo de cesariana (32,9%). Não se verificaram diferenças entre os grupos relativamente ao peso fetal ao nascimento. Recém-nascidos de mães com DG tiveram mais distócia de ombros (3% vs 0%, p = 0,014) e foram mais frequentemente admitidos da Unidade de Cuidados Intensivos Neonatais (14,9% vs 8,5%, p = 0,044), principalmente por hipoglicemia. Não foram encontrados fatores de risco para este desfecho. Discussão: Grávidas com DG eram mais velhas, apresentaram maior incidência de hipertensão gestacional, parto por cesariana e morbilidade neonatal relativamente ao grupo controlo. Conclusão: No presente estudo, a ocorrência de DG condicionou um aumento da morbilidade obstétrica e, sobretudo, neonatal.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.23/1187
Aparece nas colecções:HB - EDM - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Diabetes Gestacional- Avaliação dos Desfechos Maternos, Fetais e Neonatais.pdf635,53 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.