Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.23/1258
Título: Dermatite de contacto alérgica a sombra de olhos
Autor: Araújo, C
Resende, C
Pereira, T
Brito, C
Palavras-chave: Dermatite Alérgica de Contacto
Produtos para Áreas dos Olhos
Pálpebras
Níquel
Data: 2015
Citação: Rev Soc Port Dermatol Venereol. 2015; 73(1):115-122.
Resumo: Introdução: A dermatite de pálpebras secundária à exposição a cosméticos é descrita na literatura entre 2.5% e 26%. A maquilhagem pigmentada pode conter alergénios metálicos, incluindo níquel, crómio e cobalto. Caso clínico: Doente do sexo feminino, 52 anos, cabeleireira, com antecedentes de atopia. Recorreu à consulta de Dermatologia com história de prurido, eritema e descamação das pálpebras com 7 meses de evolução. Na sua história médica passada foi referida dermatite do lóbulo da orelha aos brincos. Foi encaminhada à consulta de Alergologia Cutânea para realização de testes epicutâneos com a série básica do Grupo Português de Dermatite de Contactos, série cosméticos, série cabeleireiro e os produtos pessoais da doente (em teste semiaberto). Foram observadas reacções positivas ao sulfato de níquel 5% em vaselina (++ em D3) e valentina D kejal® (sombra de olhos cinzenta). Conclusões: Os cosméticos são uma potencial fonte sensibilizante da pele da face, especialmente em mulheres com atopia e alteração da barreira cutânea, o que favorece a penetração de alergénios. Isto permite que o níquel em baixas concentrações, mesmo que, como contaminante, desencadeie reacção palpebral.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.23/1258
Aparece nas colecções:HB - DER - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DERMATITE DE CONTACTO ALÉRGICA A SOMBRA DE OLHOS Revista SPDV 73(1) 119-22 2015.pdf277,16 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.