Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.23/665
Título: Ganglioneuroma da Supra-renal – relato de caso clínico
Autor: Monteiro, AM
Alves, M
Souto, S
Luís, D
Silva, AI
Marques, O
Palavras-chave: Neoplasias das Glândulas Suprarrenais
Ganglioneuroma
Data: 2014
Citação: XV Congresso Português de Endocrinologia/65ª Reunião Anual da SPEDM. Vilamoura, 23 a 26 de Janeiro de 2014
Resumo: INTRODUÇÃO Os ganglioneuromas da supra-renal são tumores raros, benignos, bem diferenciados e têm origem na crista neural. A maioria dos doentes com ganglioneuroma da supra-renal são assintomáticos, e grande parte destes tumores são não secretores. Geralmente, são encontrados acidentalmente em exames de imagem abdominal por outro motivo. CASO CLÍNICO Sexo feminino, 53 anos, com antecedentes de hipertensão arterial diagnosticada aos 30 anos, dislipidémia, patologia depressiva e histerectomia por prolapso uterino. Medicada habitualmente com espironolactona, cloreto de potássio, atorvastatina, omeprazol, fluoxetina e lorazepam. Antecedentes de internamentos de repetição em serviço de Medicina Interna por hipocaliémia recorrente. Referenciada à consulta de Endocrinologia por suspeita de hiperaldosteronismo primário. Apresentava nódulo na supra-renal diagnosticado em contexto de estudo da hipertensão arterial e hipocaliémia. Clínica de astenia, anorexia, cãimbras e dores musculares com alguns meses de evolução. Sem alterações relevantes ao exame objectivo. A TC das supra-renais revelava “supra-renal esquerda com nódulo hipodenso de 3 cm, eventual adenoma”. A RM abdomino-pélvica mostrou: “supra-renal esquerda com massa quística complexa, com parede espessa (3-5mm de espessura parietal), onde se identifica um nódulo mural com ~11x7mm, questionando-se a possibilidade de degenerescência quística tumoral/pseudoquisto, sendo de ponderar a sua exérese cirúrgica.” O estudo funcional do nódulo foi normal. Foi submetida a suprarrenalectomia esquerda por via laparoscópica. O exame histológico revelou um ganglioneuroma. Foi referenciada a consulta de Nefrologia para investigação da hipocaliémia, tendo sido excluída doença intersticial renal com perda de potássio. Actualmente, seguida em consulta de Psiquiatria por provável síndrome de Munchausen, por suspeita de indução crónica de vómito. CONCLUSÃO Apresentamos este caso pela raridade da entidade clínica. São geralmente tumores não secretores e a maioria dos doentes estão assintomáticos na altura do diagnóstico, tal como no caso apresentado. O prognóstico dos doentes submetidos a ressecção completa do tumor é excelente.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.23/665
Aparece nas colecções:HB - CIR - Comunicações e Conferências
HB - EDM - Comunicações e Conferências
HB - AN PAT - Comunicações e Conferências

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
poster gg SPEDM[1].pdf953,97 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.